saojosecorreiafas @ 16:01

Sex, 07/11/08

 

Por que raio os implantes mamários são mais falados do que os dentários, por exemplo?

SJC - Não sei...

Tu, que já fizeste um, que diferenças sentiste?

SJC - Primeiro, perdi o equilíbrio. Mas agora sinto-me bem. Para além de uma série de experiências que ainda não tinha e que agora tenho! (risos)

Já agora, és daquelas que podem estar sem sexo infinitamente, ou a partir de determinada altura começas a ficar inquieta?

SJC - Não, a partir dos três meses, é de loucos.

Nunca te aconteceu seres entrevistada por alguém e, no final da entrevista, fazeres sexo saboroso com essa pessoa?

SJC - (risos) Não, nunca me aconteceu.

Eras capaz de dormir com um vilão só para salvar uma cidade inteira de um vírus radioactivo?

SJC - Depende do vilão. Era muito feio?

Não, era muito mau. E se fosse feio?

SJC - Sabes, os homens da minha vida não eram bonitos. Nunca me apaixonei por um homem bonito. Não me inspiram. Gosto de defeitos, de pessoas que me pareçam pessoas. Gosto muito mais da cabeça que do corpo de alguém. E as pessoas importantes da minha vida eram exactamente assim.

E milagres, já te aconteceu algum?

SJC - Foda-se, não. Nenhum milagre (risos)

És daquelas mulheres que fica chateada quando o homem adormece depois do acto?

SJC - Desculpa?!... Mas eu própria adormeço! Isso é uma coisa que nunca entendi. Como é que alguém faz amor durante uma ou duas horas, e não quer dormir a seguir? Há um relaxamento dos músculos, depois de um grande exercício físico, há bem-estar, conforto; logo, sono; logo, dormir. Não percebo a dificuldade em aceitar isso.

Da mesma forma que existe o beijo técnico, existe também o apalpão técnico?

SJC - (risos) isso é um mito! Não há nenhum beijo técnico nem nenhum apalpão técnico. A diferença está no que vai na tua cabeça. Eu beijo mesmo. Eu apalpo mesmo. O que me vai na cabeça é que é diferente.

E quando são cenas de sexo?

SJC - É mais difícil para mim. Em equador faço de prostituta e não raras vezes apeteceu-me chorar.

Quando se pergunta a uma mulher conhecida que motivo a levaria a despir-se, é costume ouvir-se: por uma boa causa. Sendo assim, pergunto-te: despir-te-ias por uma boa causa?

SJC - Não. Por uma boa queca.

Fazer sexo é melhor que fazer amor?

SJC - Eu nem sequer sei bem se percebo a pergunta. Ás vezes nem consigo distinguir o que é fazer sexo e fazer amor. Mas acho que o sexo existe sem amor.

Gostas que te batam?

SJC - Não.

E gostas de bater?

SJC - Sim.

Isso parece-me muito pouco democrático.

SJC - Mas eu não te disse que era democrática!... (risos)

E falar durante o acto?

SJC - Gosto. Sou pela palavra, pelo texto. É defeito de profissão. Se o texto é bom, sabe sempre bem.

Que tipo de linguagem, mais romântica ou mais dura?

SJC - Prefiro uma linguagem dura. De intensidade.

Quando eras miúda, brincavas mais com os meninos ou com as meninas?

SJC - Meninos. Sempre brinquei mais com meninos. E agora continuo a preferir brincar com meninos.

E de vez em quando umas meninas?

SJC - De vez em quando.

O que te faz estares tão atraída por mim e pelo meu corpo?

SJC - É o calor, Alvim. É o calor, Alvim.

 



Anónimo @ 21:53

Sex, 14/11/08

 

a sao jose e a maiorrrr :D

Anónimo @ 22:14

Sex, 14/11/08

 

A São José é uma maluca! É uma mulher cheia de coragem e toda emancipada, já a vi na noite em discotecas gays e sitios poucos convenientes para uma senhora... mas é a essência dela. É de valor k assuma as experiências e as partilhe com os d+. Aplaudamos.

A actriz que dispensa apresentações!
Contador de Visitas
Criar site
Criar site
Visitantes Online
online
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Pesquisar
 
Tags

todas as tags

KB-DDJ, sobre Dânia Neto, Diana Chaves e Joana Solnado
KB-DDJ Blog
blogs SAPO